post

Como você pode evitar a contaminação pelo coronavírus no seu carro | Gustavo Baterias

Como não levar o coronavírus em seu carro

Com grande parte do comércio fechado e as recomendações da Organização Mundial da Saúde, a recomendação é que se evite o transporte público. Com isso, a demanda para o transporte privado tende a ser maior. Para quem trabalha como motorista particular ou de aplicativos, ou taxistas redobrar os cuidados em época de pandemia é fundamental. 

No texto de hoje, para resguardar a sua saúde e a de passageiros, separamos algumas dicas de como você pode evitar a contaminação pelo coronavírus. 

Continuar lendo “Como não levar o coronavírus em seu carro”

Como higienizar seu carro do coronavírus | Gustavo Baterias

Como higienizar seu carro para evitar o Coronavírus

Como divulgado por inúmeros canais de comunicação, o contágio de Covid-19 pode ocorrer pelo simples toque ou contato com uma superfície contaminada. Levando em consideração que o veículo é, não só um meio de transporte onde transita muita gente, mas, hoje, um instrumento de trabalho, alguns cuidado quanto à higienização devem ser tomados.

Continuar lendo “Como higienizar seu carro para evitar o Coronavírus”

Motivos que podem levar o carro a ser apreendido | Gustavo Baterias

Saiba os motivos que podem levar o carro a ser apreendido

O Código de Trânsito Brasileiro possui uma lista de infrações que podem levar o seu carro a ser apreendido. Os motivos podem variar entre ultrapassagem de velocidade, rachas e até dirigir sem licenciamento.

Quando isso acontece, para rever o seu veículo, é necessário mover um processo que definirá o tempo em que o seu veículo ficará retido. É importante evitar e dar motivos para as autoridades, pois, a resolução do processo não se dá de forma imediata e leva um tempo para que a lei decida o que fazer. Além disso, é necessário comprovar a irregularidade do motorista, fora os custos de tudo que for necessário, como aluguel do pátio – tudo isso fica por conta do condutor.

No texto de hoje listamos algumas dessas infrações que podem resultar na apreensão do seu carro!

Continuar lendo “Saiba os motivos que podem levar o carro a ser apreendido”

Comportamento de risco no trânsito: porque algumas pessoas ainda persistem no erro? | Gustavo Baterias

Comportamento de risco no trânsito: porque algumas pessoas ainda persistem no erro?

Muitos acidentes de trânsito poderiam ser evitados se alguns condutores tivessem a sensibilidade de entender que um trânsito tem sempre um grande fluxo de pessoas e que a direção segura não depende dos outros e sim do bom senso de coletividade. As escolhas erradas que muitas vezes são por imprudência devem ser reavaliadas pelos condutores. Isso porque é preciso saber os riscos no trânsito e sobre os riscos fatais que isso pode acarretar.

Em casos cujo álcool exerce influência na direção são ainda mais graves. A desatenção por manuseio de celular também gera tráfegos perigosos e corrobora para que o número de acidentes aumente anualmente. Por isso, parar, refletir e mudar certos comportamentos são fundamentais.

Continuar lendo “Comportamento de risco no trânsito: porque algumas pessoas ainda persistem no erro?”

Conheça 5 mudanças na lei de trânsito para 2019 | Gustavo Baterias Blog

Conheça 5 mudanças na lei de trânsito para 2019

O atual presidente Jair Bolsonaro apresentou à Câmara dos Deputados um projeto de lei que altera passagens do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O texto ainda será discutido pela Câmara e pelo Senado. Porém, aqui nesse post você pode conferir 5 novos projetos que estão inclusos na pasta e que irão mudar a lei de trânsito. Veja os principais pontos da proposta e o que diz a lei em vigor:

Continuar lendo “Conheça 5 mudanças na lei de trânsito para 2019”

5 infrações consideradas graves

5 infrações consideradas graves de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro

5 infrações consideradas graves de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro

Que motorista nunca se arriscou no trânsito achando que pequenos deslizes não iriam resultar em frustrações para o bolso e para a CNH? No texto de hoje iremos mostrar algumas das aplicações mais comuns e que são consideradas graves pelo Código de Trânsito Brasileiro. Por mais que não as consideremos tão graves, saiba que a multa pode variar de valores altos, além de pontos na carteira e ainda retenção do veículo.
Continuar lendo “5 infrações consideradas graves de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro”

cadeirinha de carro

Cadeirinha de Carro: Qual a ideal para cada idade?

Cadeirinha de Carro: Qual a ideal para cada idade?
De acordo com o Contran – Conselho Nacional de Trânsito, bebês e crianças precisam ser transportadas em cadeirinhas especiais no carro. O bebê deve sair da maternidade já bem amarradinho na cadeirinha.

Existem tipos específicos de assento para cada fase do desenvolvimento da criança. Eles devem ser instalados no banco traseiro do veículo. A posição de costas para o movimento é a mais segura, por proteger o pescoço. Em caso de impacto, esses dispositivos de segurança evitam lesões na cabeça e na coluna vertebral e impedem que a criança seja lançada para fora do carro.

Conforme pesquisa realizada pela ONG Criança Segura, 70 por cento dos casos de morte e hospitalização em crianças podem ser evitados se as cadeirinhas forem corretamente instaladas nos carros. Grande parte dos acidentes acontece perto de casa, em ruas onde a velocidade não passa de 60 km/h, por isso é importante usar o equipamento sempre.

Qual a cadeirinha de carro certa para cada idade?
Em termos de segurança, mais do que olhar a idade, é importante considerar a altura e peso da criança, em relação ao que está escrito no manual de cada cadeirinha.

Bebê-conforto – É uma cadeirinha adequada para bebês recém-nascidos até 13 kg. O bebê-conforto é leve e se acopla na maioria dos carrinhos, podendo retirar o bebê adormecido do carro, com cadeirinha e tudo, sem ter que acordá-lo.

Poltrona reversível – São cadeirinhas projetadas para carregar desde recém-nascidos a crianças com até 25 kg. Fabricantes recomendam que se mantenha a criança virada para trás pelo máximo de tempo possível. A vantagem de usar a poltrona reversível é a durabilidade: diferente do bebê-conforto, que dura pouco apenas 1 ano, a poltrona reversível acompanha a criança até os 4 ou 5 anos. A desvantagem é que a poltrona, por ser grande, pode ser desconfortável para recém-nascidos e até difícil de instalar em um carro pequeno.

Assento de elevação (booster) – É uma poltrona ou “banquinho” que serve para a criança ficar mais alta e, dessa forma, usar o cinto de três pontos normal do carro na posição correta.
Esse tipo de cadeira é obrigatório para crianças de até 7 anos e meio, mas o ideal é que ela seja usada até a criança ter pelo menos 1,45 m de altura e cerca de 10 anos de idade. A partir daí ela já tem altura suficiente e pode passar a utilizar o cinto normal do banco, sem assento.
Para diminuir o risco de um impacto no caso de acidentes, especialistas indicam a instalação da cadeirinha no assento do meio do banco traseiro, além de conferir sempre se o cinto da cadeirinha está colocado de forma justa ao corpo da criança, de modo que apenas um dedo caiba entre o cinto e o corpo da criança. Se o cinto estiver largo, em caso de acidente, além de a criança poder se soltar, poderá haver um forte impacto do corpo dela com o cinto, suficiente para provocar lesões graves.

O corpo das crianças é frágil, e as cadeirinhas são projetadas para segurá-las nos pontos mais resistentes do organismo, de modo a causar o mínimo de ferimentos internos.

O uso da cadeirinha de carro é obrigatório e, se não for usada o motorista pode ser punido com multa, porém, mais importante que a obrigatoriedade é a segurança da criança em caso de acidente. Transporte crianças seguindo as normas exigidas pelo Contran, vamos proteger nossas crianças!

Segurança dos caminhoneiros na estrada

Segurança dos caminhoneiros na estrada

O transporte de mercadorias no Brasil é predominantemente rodoviário, e conta com mais de 2 milhões de caminhoneiros que trabalham cruzando o país diariamente para suprir a necessidade de consumo de todos e fazer a logística funcionar.

A importância do trabalho dos caminhoneiros é tão grande que, se esses profissionais cruzarem os braços e pararem seu trabalho por alguns dias o caos certamente se instala no país, como aconteceu em uma greve geral dos caminhoneiros de 21 A 30 de maio de 2018.

Nessa ocasião houve indisponibilidade de alimentos, remédios e combustível, acarretando em grandes transtornos em todos os setores da economia, levando os consumidores a correr ao supermercado e elevando o preço das mercadorias.

A profissão do caminhoneiro, além de ser de muita importância para manter a distribuição de produtos dos mais variados segmentos, é também uma profissão de muito risco.

Levando-se em conta as más condições das estradas brasileiras, ou, quando são bem cuidadas, os altos preços dos pedágios, ainda há de se considerar a falta de segurança, e também a necessidade do caminhoneiro de trabalhar muitas horas seguidas buscando uma melhor remuneração.

Diante de tantos desafios para o profissional das estradas, relacionamos a seguir algumas dicas de segurança e atitudes que podem ajudar os caminhoneiros a fazer seu trabalho da melhor maneira possível, minimizando os perigos e diminuindo o cansaço para tornar as viagens mais seguras. Confira!

Antes de carregar o caminhão:

  • Fazer uma checagem na parte elétrica, mecânica, pneus, estepe, freio, água.
  • Encher o tanque para evitar parar para abastecer durante a viagem.
  • Conferir os documentos da carga, como nota fiscal, documentação do caminhão assim como seus documentos pessoais.

Ao sair da transportadora ou da empresa, escolha o melhor itinerário e já planeje todo o trajeto: onde parar, abastecer, almoçar e qual é o caminho mais rápido e seguro.

Durante a viagem:

  • Procure não trafegar por vias desconhecidas, dando preferência a rotas já conhecidas para evitar surpresas, mas se tiver que trafegar por uma via desconhecida, tente dirigir durante o dia.
  • Respeite as leis de trânsito e sinalização das estradas.
  • Não dê carona para estranhos.
  • Caso seja abordado por assaltantes, não reaja.
  • Nas paradas para refeição ou abastecimento não comente com ninguém sobre o que está transportando ou seu destino.
  • Se houver algum problema com o caminhão na estrada, evite parar em locais desertos, procure um posto de policiamento rodoviário.
  • Evite dormir em locais que você desconhece, procure descansar em um estacionamento de um posto ou próximo a um policiamento rodoviário.
  • Em caso de acidente, acione as autoridades competentes – Entre em contato com o SAMU (192) ou com a Polícia Rodoviária Federal (191). Ladrões simulam situações para enganar motoristas prestativos.
  • Faça pausas para descansos e tenha uma alimentação saudável.
  • Evite pegar a estrada à noite, mas se não for possível, tenha atenção dobrada.
  • Cuidado com medicamentos que podem causar efeitos colaterais perigosos, como vertigem, euforia, sono etc.
  • Fique longe de drogas (álcool, maconha, cocaína etc.), elas podem causar acidentes graves.

Entrega da carga:

  • Calcule para saber se poderá entregar a carga no dia em que chegar ao local, caso contrário, vá dormir em um local seguro.
  • Acompanhe o desembarque da carga.
  • Com o caminhão vazio, revise novamente os pneus, parte mecânica e elétrica.

Por fim, lembramos que a tecnologia tem ajudado todas as classes profissionais, inclusive os caminhoneiros através de atualizações nos GPS e recursos eletrônicos nos caminhões. É importante se atualizarem com as inovações, melhorias e facilidades que a tecnologia disponibiliza, assim como grupos de Whatsapp para trocar informações sobre as condições nas estradas. A principal dica sempre será dirigir com atenção, respeitando as leis de trânsito e suas condições físicas para pegar a estrada em segurança. Boa viagem!