Cadeirinha de Carro: Qual a ideal para cada idade?

cadeirinha de carro

Cadeirinha de Carro: Qual a ideal para cada idade?
De acordo com o Contran – Conselho Nacional de Trânsito, bebês e crianças precisam ser transportadas em cadeirinhas especiais no carro. O bebê deve sair da maternidade já bem amarradinho na cadeirinha.

Existem tipos específicos de assento para cada fase do desenvolvimento da criança. Eles devem ser instalados no banco traseiro do veículo. A posição de costas para o movimento é a mais segura, por proteger o pescoço. Em caso de impacto, esses dispositivos de segurança evitam lesões na cabeça e na coluna vertebral e impedem que a criança seja lançada para fora do carro.

Conforme pesquisa realizada pela ONG Criança Segura, 70 por cento dos casos de morte e hospitalização em crianças podem ser evitados se as cadeirinhas forem corretamente instaladas nos carros. Grande parte dos acidentes acontece perto de casa, em ruas onde a velocidade não passa de 60 km/h, por isso é importante usar o equipamento sempre.

Qual a cadeirinha de carro certa para cada idade?
Em termos de segurança, mais do que olhar a idade, é importante considerar a altura e peso da criança, em relação ao que está escrito no manual de cada cadeirinha.

Bebê-conforto – É uma cadeirinha adequada para bebês recém-nascidos até 13 kg. O bebê-conforto é leve e se acopla na maioria dos carrinhos, podendo retirar o bebê adormecido do carro, com cadeirinha e tudo, sem ter que acordá-lo.

Poltrona reversível – São cadeirinhas projetadas para carregar desde recém-nascidos a crianças com até 25 kg. Fabricantes recomendam que se mantenha a criança virada para trás pelo máximo de tempo possível. A vantagem de usar a poltrona reversível é a durabilidade: diferente do bebê-conforto, que dura pouco apenas 1 ano, a poltrona reversível acompanha a criança até os 4 ou 5 anos. A desvantagem é que a poltrona, por ser grande, pode ser desconfortável para recém-nascidos e até difícil de instalar em um carro pequeno.

Assento de elevação (booster) – É uma poltrona ou “banquinho” que serve para a criança ficar mais alta e, dessa forma, usar o cinto de três pontos normal do carro na posição correta.
Esse tipo de cadeira é obrigatório para crianças de até 7 anos e meio, mas o ideal é que ela seja usada até a criança ter pelo menos 1,45 m de altura e cerca de 10 anos de idade. A partir daí ela já tem altura suficiente e pode passar a utilizar o cinto normal do banco, sem assento.
Para diminuir o risco de um impacto no caso de acidentes, especialistas indicam a instalação da cadeirinha no assento do meio do banco traseiro, além de conferir sempre se o cinto da cadeirinha está colocado de forma justa ao corpo da criança, de modo que apenas um dedo caiba entre o cinto e o corpo da criança. Se o cinto estiver largo, em caso de acidente, além de a criança poder se soltar, poderá haver um forte impacto do corpo dela com o cinto, suficiente para provocar lesões graves.

O corpo das crianças é frágil, e as cadeirinhas são projetadas para segurá-las nos pontos mais resistentes do organismo, de modo a causar o mínimo de ferimentos internos.

O uso da cadeirinha de carro é obrigatório e, se não for usada o motorista pode ser punido com multa, porém, mais importante que a obrigatoriedade é a segurança da criança em caso de acidente. Transporte crianças seguindo as normas exigidas pelo Contran, vamos proteger nossas crianças!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *