20 de Janeiro – Dia Nacional do Fusca

Dia nacional do Fusca

                                                                                                                                                    História do Fusca

O Fusca foi lançado pelo projetista Ferdinand Porsche em 1935, equipado com motor refrigerado por ar, sistema elétrico de 6 volts, câmbio seco de quatro marchas, que para a época era uma inovação já que até então os carros eram compostos por câmbios inferiores à três marchas.

O Fusca de 1936, reformulado desde seu lançamento e bem próximo ao que conhecemos hoje, passou por várias mudanças com o passar dos anos principalmente no que se refere ao design. E devido a isso no ano seguinte já existiam mais 30 outros tipos de modelos de Fusca sendo testado na Alemanha.

Com a Segunda Guerra Mundial houve paralisação na produção do veículo, que foi retomada com o fim da guerra, porém ele já não mais era visto como um ‘carro do povo’ – o que à princípio era a intenção de sua produção: um carro forte, econômico e com pouca manutenção, usados para serviços de primeira necessidade, como correio, atendimento médico, entre outros.

Tendo restaurado o seu sucesso, em 1948, 4.440 deles estariam sendo exportados e em 1949 o Fusca já teria seu próprio mercado nos Estados Unidos. E isso sem mudanças gigantescas na mecânica quando comparado ao seu projeto inicial.

História do Fusca no Brasil

O Fusca teve suas mudanças mecânicas iniciadas em 1956. Com o início da produção do Fusca no dia 20 de janeiro de 1959, data escolhida para a comemoração do Dia Nacional do Fusca, não foram fabricados em solo brasileiros versões anteriores.

Em 1986 é finalizada a produção do Fusca no país. Sendo retomada, a pedido do então presidente Itamar Franco, em 1993. Essa versão foi produzida com motores movidos a etanol e sua produção durou apenas 3 anos, se encerrando em 1996.

Outras versões, como Bettle foram produzidas, mais modernos e com design mais arrojados. Contudo a paixão e busca pelos fuscas não mais fabricados continua.

Paixão Nacional

A paixão, por esse carro é tão grande que foi criado o Fusca Clube do Brasil, para os donos e adoradores desse veículo, que em 2003 teve sua fabricação encerrada em todo o mundo.

Foi em 28 de maio de 1985, durante o II Salão do Automóvel Antigo, que dois apaixonados por fuscas planejaram a criação de um Clube para os milhões de brasileiros apaixonados por fuscas. Nascia então, com a colaboração de mais um aficionado que se juntou a dupla empolgado pela ideia, o Sedan Clube do Brasil.

Foi somente após sete anos do início do Clube que eles receberam autorização da Volkswagem do Brasil para utilizar a marca Fusca, surgindo assim o Fusca Clube do Brasil, tornando-se assim oficialmente uma entidade cultural, recreativa, desportiva e sem fins lucrativos.

No dia 20 de janeiro comemora-se o dia do Fusca, um dos carros mais carismáticos da história mundial do automóvel. O Fusca logo tornou-se o modelo mais popular do Brasil devido ao baixo custo de manutenção e a resistência capaz de superar os piores caminhos, o que o transformou em um sucesso de vendas. Com mais de 3 milhões de unidades produzidas no Brasil, o Fusca hoje é um ícone nacional e os exemplares bem conservados ou restaurados são disputados por colecionadores.

Não importa qual o ano do seu carro, a marca ou modelo, aqui na Gustavo Baterias você encontra a bateria ideal para o seu veículo. Entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *